Rua Caiana, 184 - Bairro Santa Inês

Belo Horizonte/MG - CEP 31080-190

​​

031 3467-3283

© Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor

Fundador da Congregação

Frei Angélico Lipani, homem de elevados ideais, foi um prestigioso professor de letras no Seminário Diocesano, demonstrou sólida fé construindo seu apostolado em favor dos pobres e deixou um grande legado baseado em seus ideais a favor da missão educadora.

Foi fundador do Instituto “ Signore Della Città” para meninas órfas e o Convento dos Capuchinos, hoje, Seminário e a Congregação das “Irmãs Franciscanas do Senhor”. Em 1920, já no leito de morte, deixou sua paterna mensagem: “Fazei-vos Santos”, a qual é respeitada e levada avante pela Comunidade Franciscana do Senhor, espalhadas em diversos países do mundo como Itália, Brasil, Filipinas, Bolívi, Tanzania e Timor Leste.

A Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor foi fundada em 1885, em Caltanisseta, Itália, por Padre Angélico Lipani. Em 1866 por causa da lei da supressão (quando o estado italiano confiscou os bens dos institutos religiosos), Angélico foi obrigado a abandonar o convento dos capuchinhos em Palermo e retornar a Caltanisseta, sua terra natal. Iniciou ai sua obra fazendo-se presente entre os mais excluídos da Igreja local: entre os mineradores das minas de enxofre, classe rejeitada pelo estado e pela Igreja, junto aos pobres da cidade incentivando a caridade, principalmente do grupo de terciários franciscanos leigos do qual era fundador e diretor espiritual, dando especial atenção aos seminaristas pobres.

Em 1872 foi-lhe confiada a Igrejinha do Senhor da Cidade, assim nomeada por causa da imagem bizantina do Senhor Crucificado, encontrado nos campos por catadores de ervas amargas e por eles introduzida na cidade, para o qual construíram uma capela e deram o nome de “Senhor da Cidade”.

Em 1882 desastres nas minas de enxofre deixaram muitas crianças órfãs. Para socorrer estes pequeninos, em 1883, Padre Angélico Lipani funda o Instituto Senhor da Cidade. No cuidado dos órfãos, Padre Angélico contava com a ajuda das terciárias franciscanas, dentre as quais Giuseppina Ruvolo e Grazia Pedano que desejaram consagrar toda a sua vida à causa do Instituto. Com a consagração dessas duas jovens, em 15 de outubro de 1885 nascia a Congregação das Irmãs Franciscanas do Senhor.

 

"Para o homem de Deus nada é impossivel"
(Frei Angélico Lipani)

Irmãs Franciscanas do Senhor